Longa-metragem protagonizado por Margot Robbie custou US$ 75 mi

Por GaúchaZH

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O universo da DC Comics está prestes a ganhar mais um novo filme e, dessa vez, esse longa-metragem bateu um recorde interessante.

Estrelado por Arlequina, vivida por Margot Robbie, 28, “Aves de Rapina”, o filme derivado de “Esquadrão Suicida”, se tornou o mais barato do universo do estúdio.

Segundo informações divulgadas pela Vogue, em uma grande reportagem que a revista fez depois de visitar o set, o filme custou apenas US$ 75 milhões (aproximadamente R$ 290 milhões), encabeçando a lista de produções mais baratas da empresa.

Atrás de “Aves de Rapina”, os longas “Shazam!”, “Mulher-Maravilha” e “Aquaman” são os mais baratos custando, respectivamente, US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 387 milhões), US$ 150 milhões (aproximadamente R$ 580 milhões) e US$ 160 milhões (aproximadamente R$ 6200 milhões).

O filme será dirigido por Cathy Yan e tem roteiro de Christina Hodson, que também fez “Bumblebee”. A data de estreia está prevista para fevereiro de 2020 nos Estados Unidos. No Brasil, “Aves de Rapina” segue sem data para chegar nos cinemas.