Personagem de Maisie Williams ganhou ainda mais destaque na última temporada da série

* ALERTA DE SPOILERS NO TEXTO ABAIXO
Por GaúchaZH

Uma das principais personagens de Game of Thrones desde o início da série, Arya Stark (Maisie Williams) ganhou estofo psicológico ao longo da trama. Se no primeiro ano ela era uma menina que repudiava “coisas de mulher” e sentia fascínio pela luta, agora ela é apresentada como uma verdadeira guerreira.

Em “The Long Night”, episódio exibido na noite de domingo (28) pela HBO, Arya evidenciou todo o seu protagonismo na trama: tornou-se a heroína da Batalha de Winterfell. Enquanto diversos personagens tiveram participações apagadas (e não falando apenas pela escuridão que dificultou a compreensão de diversos momentos do aguardado capítulo e gerou diversos memes), a jovem Stark recebeu seu grande momento, em uma cena que tirou o fôlego dos fãs.

Mas para cravar a adaga no Rei da Noite, Arya passou seis temporadas se preparando. Desde que deixou Winterfell com o pai e a irmã, a menina cresceu, enfrentou dificuldades inimagináveis no início da série, aprendeu a lutar e, por fim, a matar. Sempre forte e em busca de vingança, ela acostumou-se aos horrores da guerra e, de certa forma, ao jogo dos tronos.

Em entrevista ao site Entertainment Weekly, a atriz Maisie Williams relatou surpresa ao descobrir a missão de sua personagem em “The Long Night”. Mas ela acabou aceitando o fato justamente como ele é: um reconhecimento a tudo que a personagem passou na série.

Relembre a trajetória de Arya Stark:

1ª temporada

Filha do meio de Ned e Catelyn Stark, Arya é uma criança quando a série começa. Ela é o oposto da irmã, Sansa (Sophie Turner): não quer saber das aulas de costura ou pensar em casamento. Muitas vezes confundida com menino, encontra diversão ao brincar de luta.

Isso fica mais evidente quando ela ganha do meio-irmão, Jon Snow (Kit Harington), uma espada, batizada de Agulha. Com o presente, ela parte para Porto Real com o pai e a irmã. No caminho, uma nova separação: precisa espantar sua loba gigante após o animal atacar o príncipe Joffrey Baratheon (Jack Gleeson). E é aqui que sua relação com Cão de Caça começa, após ele matar um amigo dela, Mycah.

Em Porto Real, Arya passa a ter aulas de esgrima com Syrio Forel, que a ajuda a escapar da Fortaleza Vermelha após a morte do rei Robert Baratheon. Considerado um traidor do reino, seu pai, Ned, vai a julgamento e termina decapitado – cena que Arya foi impedida de observar. Depois disso, disfarçada de menino, ela segue com a caravana da Patrulha da Noite em direção ao Norte.

2ª temporada

Homens da Casa Lannister atacam o grupo que segue para o Norte, momento em que Arya tem sua espada confiscada por um soldado. Ela ainda liberta três prisioneiros: um deles é Jaqen H’ghar.

Depois de serem levados para Harrenhal, onde Arya acaba servindo a Tywin Lannister, Protetor do Oeste, Jaqen pede que a jovem Stark diga três nomes para ele matar, em troca das três vidas que ela salvou ao libertá-los. Ela escolhe dois e é atendida. O terceiro seria Tywin Lannister, mas ele vai embora antes que o pedido seja realizado.

Com isso, Jaqen acaba ajudando na fuga de Arya e seus amigos Gendry e Torta Quente de Harrenhal, além de oferecer a ela uma moeda de ferro com potencial de garantir uma passagem para Braavos, caso ela precise.

3ª temporada

Após a fuga, Arya, Gendry e Torta Quente encontram Thoros de Myr e um grupo da Irmandade Sem Bandeiras. Ela descobre que eles fizeram Cão de Caça prisioneiro e o acusa pela morte de Mycah, na primeira temporada. Ele tem, então, um julgamento por combate, vence o duelo, e acaba sendo libertado. Como se Arya não tivesse ódio suficiente por isso, a Irmandade ainda vende Gendry para a sacerdotisa vermelha Melisandre.

Decidida, Arya foge do grupo, mas acaba capturada por Cão de Caça, que pretende devolvê-la para a família em troca de um pagamento pelo resgate. No entanto, quando finalmente vai encontrar a mãe e o irmão Robb, ocorre o Casamento Vermelho e Cão foge com a menina. Logo depois, ela mata pela primeira vez uma pessoa, um soldado da Casa Frey que estava se gabando da morte de Robb.

4ª temporada

Ainda com Cão de Caça, Arya reencontra o soldado que lhe roubou Agulha e recupera a espada, usando-a para matar o ladrão. A dupla começa a ir para o Vale Arryn com a ideia de pedir resgate para a tia de Arya, Lysa. No entanto, ficam sabendo que Lysa aparentemente cometeu suicídio e precisam ir embora. É aí que encontram Brienne de Tarth, que jurou proteger as filhas de Catelyn Stark. Quando Cão ataca Brienne e fica gravemente ferido, Arya se esconde, mas volta para roubá-lo e deixá-lo para morrer sozinho. De lá, ela encontra o capitão de um barco e parte para Braavos depois de usar a moeda que Jaqen lhe deu.

5ª temporada

Já em Braavos, Arya é aceita na Casa do Preto e Branco por um homem com o rosto de Jaqen. Ela recebe sua primeira missão: matar um vendedor corrupto, mas perde o foco ao ver Ser Myryn Trant, que matou Syrio Forel na primeira temporada. Ela, então, se infiltra no bordel onde ele está e acaba matando-o. Jaqen percebe que ela não consegue ser “ninguém”, como se exige na Casa de Preto e Branco, e a pune: Arya fica cega.

6ª temporada

Arya começa a temporada cega pedindo esmola por Braavos, mas acaba recebendo a visão de volta, junto com a missão de matar uma atriz, o que ela não cumpre. “A Orfã”, contudo, testemunha a desobediência de Arya e conta a Jaqen, que lhe dá permissão para matar a jovem Stark. Arya, que tinha escondido Agulha, recupera a espada e enfrenta a adversária. Depois de matá-la, ela remove a face da inimiga e a exibe na Sala das Mil Faces. O que resta é reforçar a Jaqen que ela é Arya Stark e não “ninguém”, e parte de volta para Westeros. Ao chegar a Gêmeas, assume a identidade de uma serva e mata Walder Frey e dois de seus filhos.

7ª temporada

A jovem assume a face de Walder Frey e envenena seus vassalos em um banquete. Depois, inicia uma viagem para o Sul para tentar matar Cersei, agora Rainha dos Sete Reinos. Porém, no caminho reencontra Torta Quente e ele conta que Jon Snow está vivo e se tornou o Rei do Norte. Ela muda de planos e decide voltar para casa, quando tem um momento com Nymeria na floresta.

Já em Winterfell, é encontrada por Sansa na cripta da fortaleza. O próximo reencontro é com Bran, que lhe dá a adaga de aço valiriano que foi usada para tentar matá-lo depois que ele caiu da torre, na primeira temporada. A relação entre as irmãs segue marcada por tensão, ainda mais com Mindinho incentivando a richa. No entanto, os irmãos estavam cientes das jogadas dele e o pegam de surpresa em uma cerimônia para acusá-lo de seus crimes. Após condenação, Arya é a responsável por matá-lo.

8ª temporada

Finalmente, Arya e Jon ficam frente a frente. Mas o melhor vem depois. Quando Gendry entrega à jovem Stark a arma que ela lhe pediu, ela diz ao rapaz que quer experimentar o sexo antes daquela que pode ser a última noite de todos. Os dois, então, têm uma relação sexual.

Já na Batalha de Winterfell, Arya também enfrenta os Outros. Em dado momento, nos corredores do castelo, ela fica em apuros e Beric Dondarrian morre para salvá-la. Arya, então, desaparece. Sua próxima cena é a mais importante do episódio e de grande destaque para a série toda. Do nada, Arya surge no Bosque Sagrado e salta sobre o Rei da Noite, matando o líder dos Caminhantes Brancos. O vilão se transforma em pó, bem como seu exército. E Arya salva não apenas Bran, que estava prestes a ser atacado, mas todos os vivos e seus planos. Ela também cumpre a visão de Melisandre, que disse ela fecharia para sempre “olhos castanhos, olhos verdes e olhos azuis”.