Conflitos entre a WME e a Warner sobre a participação do ator em Shazam! resultaram em sua saída

De acordo com a Hollywood Reporter, Henry Cavill não será mais o Super-Homem nos filmes da DC. Anteriormente, ele assumiu o herói em O Homem de Aço (2013), Batman vs Superman – A Origem da Justiça (2016) e Liga da Justiça (2017).

O motivo para sua saída é a falta de acordo contratual entre a WME, que representa Cavill, e a Warner sobre a participação do ator em Shazam!, que deve estrear em abril de 2019. Uma fonte interna da Warner firma que a participação do ator em Shazam! não deu certo por um conflito de agendas, já que ele assinou recentemente para estrelar a série The Witcher, da Netflix.

Agora, o estúdio estaria focando em Supergirl, que será protagonizado por Brie Larsson e que deve ter a participação de um Superman mais jovem. “O Super-Homem é como um James Bond, depois de um certo tempo você precisa procurar novos atores”, diz uma fonte do estúdio.