Na edição 24, de julho do ano passado, há 12 edições, Batman fez o pedido de casamento à Mulher-gato, a tensão sexual que ocorria entre eles surgiu desde o primeiro encontro. Contudo, a relação dos personagens não era bem favorecida pois a Mulher-gato é uma das suas principais vilãs. Mesmo com seus conflitos, os dois se encontraram no topo de um prédio de Gotham City e lá foi feito o convite. Porém, ela não havia aceitado ainda.

Na quarta-feira, 4, com o lançamento da 32ª edição de Batman nos Estados Unidos. Selina Kyle, nome verdadeiro da Mulher-Gato, volta aceitando o pedido devido a revelações obscuras feitas por Bruce Wayne, a identidade civil do super-herói.

O escritor Tom King conta em sua entrevista com a USA Today: “Isso para mim é o verdadeiro amor. É mostrar para alguém quem você realmente é, é permitir que alguém saiba profundamente quem você é, e isso é horrivelmente assustador. Isso assusta Batman tanto quanto qualquer outra coisa que tenha acontecido. São duas pessoas quebradas, e, porque estão quebradas, elas têm as bordas que se encaixam.”

Apesar do ator Ben Affleck já estar preparado para dirigir, escrever e estrelar o próximo filme do super-herói, seu contrato não será renovado. Um dos principais fatores da manutenção de seu papel é devido a sua idade. Affleck será substituído por Matt Reeves, responsável pela trilogia mais bem-sucedida dos últimos anos (Planeta dos Macacos). Reeves já comunicou ter um planejamento sólido para os três capítulos cinematográficos.

Toby Emmerinch, presidente e diretor da Warney Bros, não ficou muito feliz com a reforma do ator e conta que: “Ben é o nosso Batman. Nós o amamos como Batman. Queríamos mantê-lo no papel o tempo que pudéssemos”. Mas suas palavras foram ignoradas. Liga da Justiça, lançado no Reino Unido em 17 de novembro, seria o último filme de Affleck no papel.