Artista apresentou canção ao lado do parceiro de cena Bradley Cooper, e levou a primeira estatueta de sua trajetória

Por GaúchaZH

Lady Gaga tem vários prêmios Grammy na coleção, mas neste domingo (25) a diva pop se tornou uma ganhadora do Oscar, com a estatueta de melhor canção original por sua poderosa balada Shallow, de Nasce uma Estrela.

Antes de receber o Oscar no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos Estados Unidos, Gaga cantou Shallow com Bradley Cooper , seu parceiro de cena e diretor do filme, quarta versão de uma história que vem sendo encenada em Hollywood desde os anos 1930.

— Não há uma única pessoa no planeta que pudesse ter cantado esta canção comigo, além de você. Obrigado por acreditar em nós — disse a Cooper uma emocionada Lady Gaga, ao receber a estatueta.

A cantora, também indicada a melhor atriz, dirigiu uma mensagem às aspirantes a artistas, como sua personagem no filme, Ally, garçonete que tem sua grande chance de sonhar com o estrelato ao conhecer o roqueiro Jackson, interpretado por Cooper.

— Isto é trabalho duro. Trabalhei duro durante muito tempo e não se trata de ganhar. Trata-se de não se render. Se você tem um sonho, lute por ele — disse Gaga. — Não se trata de quantas vezes te rejeitam ou você cai ou te atingem. Trata-se de quantas vezes você se levanta, tem coragem e segue adiante.

A canção Shallow superou na disputa as canções indicadas por Pantera Negra, pelo documentário RBG, pelo filme dos irmãos Coen The Balad of Buster Scruggs e por O Retorno de Mary Poppins.