Lady Gaga, Kacey Musgraves, Childish Gambino e Dua Lipa estão entre os destaques do ano

Aconteceu ontem, domingo, a cerimônia de entrega dos prêmios da 61ª edição do Grammy, maior premiação da música. O evento aconteceu em Los Angeles, nos Estados Unidos, e teve como apresentadora a cantora Alicia Keys. Do discurso de abertura, participaram a ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, e as artistas Jennifer Lopez, Jada Pinkett-Smith e Lady Gaga – Gaga também foi uma das grandes vencedoras da noite, levando para casa três troféus.

Golden Hour, de Kacey Musgraves, levou na categoria Álbum do Ano. This Is America, de Childish Gambino, ficou com os títulos de Gravação do Ano e Canção do Ano. A Revelação do Ano foi a cantora britânica Dua Lipa. O veterano Willie Nelson ganhou por Melhor Álbum de Pop Vocal Tradicional, e Beck levou o prêmio de Melhor Álbum de Música Alternativa. Chris Cornell, que morreu em maio de 2017, foi premiado com Melhor Performance Rock.

Confira abaixo a lista completa de vencedores:

Álbum do ano
Golden hour – Kacey Musgraves

Gravação do ano
This is America – Childish Gambino

Melhor canção
This is America – Childish Gambino

Artista revelação

Dua Lipa

Melhor álbum de rap
Invasion of Privacy – Cardi B

Melhor álbum de R&B
H.E.R. – H.E.R.

Melhor canção de rap
God’s Plan – Drake

Melhor álbum country
Golden Hour – Kacey Musgraves

Melhor performance pop de duo ou grupo
Shallow – Lady Gaga & Bradley Cooper

Melhor performance pop solo
Joanne (Where Do You Think You’re Goin’?) – Lady Gaga

Melhor álbum pop vocal
Sweetener – Ariana Grande

Melhor álbum de pop vocal tradicional
My Way – Willie Nelson

Melhor gravação dance
Electricity – Jarami, Alex Metric, Riton & Silk City, produtores; Josh Gudwin, mixer (gravada por Silk City & Dua Lipa Featuring Diplo & Mark Ronson)

Melhor álbum dance/eletrônico
Woman Worldwide – Justice

Melhor álbum contemporâneo instrumental
Steve Gadd Band – Steve Gadd Band

Melhor performance rock
When Bad Does Good – Chris Cornell

Melhor performance de metal
Electric Messiah – High On Fire

Melhor canção de rock
Masseduction – Jack Antonoff & Annie Clark, compositores (gravada por St. Vincent)

Melhor álbum de rock
From The Fires – Greta Van Fleet

Melhor álbum de música alternativa
Colors – Beck

Melhor performance de R&B
Best Part – H.E.R. Feat. Daniel Caesar

Melhor performance de R&B tradicional
Bet Ain’t Worth The Hand – Leon Bridges
How Deep Is Your Love – PJ Morton Featuring Yebba

Melhor música de R&B
Boo’d Up – Larrance Dopson, Joelle James, Ella Mai & Dijon McFarlane, compositores (gravada por Ella Mai)

Melhor álbum urbano contemporâneo
Everything Is Love – The Carters

Melhor performance de rap
King’s Dead – Kendrick Lamar, Jay Rock, Future & James Blake
Bubblin – Anderson .Paak

Melhor performance de rap cantado
This Is America – Childish Gambino

Melhor performance solo de country
Butterflies – Kacey Musgraves

Melhor performance de duo ou grupo country
Tequila – Dan + Shay

Melhor canção country
Space Cowboy – Luke Laird, Shane McAnally & Kacey Musgraves, compositores (gravada por Kacey Musgraves)

Melhor compilação para mídia visual
The Greatest Showman – Hugh Jackman (e elenco do filme)

Melhor trilha sonora para mídia visual
Black Panther – Ludwig Göransson

Melhor canção escrita para mídia visual
Shallow – Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomando & Andrew Wyatt, compositores (gravada por Lady Gaga & Bradley Cooper)

Produtor do ano, não clássico
Pharrell Williams

Melhor clipe musical
This Is America – Childish Gambino