Impossível não se emocionar com a trajetória de vida de cada um

A 76ª edição do Globo de Ouro, que aconteceu no último domingo, dia 6, consagrou a cinebiografia Bohemian Rhapsody com o troféu na categoria Melhor Drama, o prêmio mais importante da noite – e também Rami Malek, que vive o lendário vocalista Freddie Mercury, com o prêmio de Melhor Ator em Filme de Drama. Para entrar no clima, preparamos uma lista com mais dez cinebiografias sobre outros músicos aclamados. Confira abaixo:

Cazuza – O Tempo Não Para

O filme é um relato tocante da vida louca que marcou o percurso profissional e pessoal de Cazuza (Daniel de Oliveira), do início da carreira, em 1981, até a morte em 1990, aos 32 anos: o sucesso com o Barão Vermelho, a carreira solo, as músicas que falavam dos anseios de uma geração, o comportamento transgressor e a coragem de continuar a carreira, criando e se apresentando, mesmo debilitado pela Aids. A obra é baseada no livro escrito por sua mãe, Lucinha Araújo, e pela jornalista Regina Echeverria.

Johnny Cash – Johnny & June

A historia do cantor Johnny Cash (Joaquin Phoenix) é retratada de forma fiel, mostrando desde sua infância em uma fazenda de algodão até o inicio do sucesso em Memphis, onde gravou com Elvis Presley, Johnny Lee Lewis e Carl Perkins. Sua personalidade marginal e a infância tumultuada fazem com que Johnny entre em um caminho de auto-destruição, do qual apenas June Carter (Reese Whiterspoon), o grande amor de sua vida, pode salvar.

Bob Dylan – Não Estou Lá

O filme mostra a carreira e vida do cantor Bob Dylan, separando de forma genial todas as “personalidades” que Dylan passou ao longo da carreira. Em constante mutação, o cantor é interpretado por vários atores (Christian Bale, Cate Blanchett, Heath Ledger, Marcus Carl Franklin, Richard Gere e Ben Whishaw) e nenhum deles leva o nome de Bob Dylan ao personagem.

Elton John – Rocketman

Chega dia 22 de novembro a cinebiografia de Elton John Rocketman: com roteiro de Lee Hall (de Billy Elliot) e protagonizado por Taron Egerton, o filme vai narrar desde a juventude do músico, quando estava prestes a sair do Royal Academy of Music, de Londres, até sua transformação em ícone pop mundial, passando pelo início de sua parceria com o letrista Bernie Taupin, seu maior colaborador.

Ray Charles – Ray

A turbulenta história do gênio musical Ray Charles, deficiente visual desde a infância. A audácia e o talento incomparável do músico o transformou em um fenômeno nas turnês e nos estúdios, mas drogas, mulheres e lembranças ruins afetaram muito a sua vida pessoal. Jamie Foxx levou o Oscar de Melhor Ator pelo papel de Ray.

Mozart – Amadeus

Milos Forman leva à tela a obra e vida do gigante da música clássica Wolfgang Amadeus Mozart. O personagem principal é na verdade é Antonio Salieri, um homem que odiou Mozart em vida. No filme ele confessa como foi responsável pela morte do jovem compositor e conta detalhadamente como conheceu, conviveu e passou a odiar o músico.

The Doors – The Doors

Jim Morrison, estudante de cinema dos anos 60 na Califórnia, forma a banda de rock The Doors. O filme mostra sua trajetória de sucesso e seu gosto pelas drogas, até sua trágica morte em Paris em 1971, com apenas 27 anos de idade.

Ian Curtis – Control

O filme detalha a vida turbulenta do jovem músico, que forjou um novo gênero a partir da cena punk rock britânica dos anos 1970 com a banda Joy Division, que ele liderou de 1977 a 1980. Além disso, também aborda seu difícil casamento e relações extra-conjugais, bem como suas frequentes crises epiléticas, que sabidamente contribuíram com as circunstâncias que o levaram ao suicídio na véspera da primeira turnê norte-americana do Joy Division.

Édith Piaf – Piaf: Um Hino ao Amor

Nascida na pobreza e criada em um bordel, Édith Piaf tem como meta ser famosa pelo mundo todo. Apesar de sua extraordinária voz e carisma abrirem várias portas que a levam a muitas amizades e romances, ela passa por experiências ruins, sofre perdas pessoais, torna-se viciada em drogas e morre jovem. Marion Cotillard, que interpreta Piaf, ganhou o Oscar de Melhor Atriz pelo papel.

John Lennon – O Garoto de Liverpool

Adolescente rebelde, o futuro Beatle John Lennon vive com sua tia Mimi, uma mulher rigorosa e sisuda, em Liverpool, Inglaterra. O marido de Mimi morre de repente e John vê sua mãe, Julia, durante o funeral. Apesar dos receios de Mimi, John quer ter um relacionamento com sua mãe. Julia apresenta-o à música popular e ao banjo, despertando no jovem Lennon o desejo de formar sua própria banda. Além disso, uma nova cinebiografia do músico está sendo desenvolvida: a Universal Pictures está negociando para adquirir os direitos do drama, que terá Jean-Marc Valée responsável pela direção e pela montagem.