Todas as músicas do disco foram gravadas usando celular

O venezuelano Ulises Hadjis e o mexicano El David Aguilar se uniram para organizar e produzir Notas de Voz, álbum que marca oficialmente a estreia do coletivo Núcleo Distante – há um tempo, o grupo de artistas latino-americanos mantém um podcast quinzenal na plataforma Puentes, onde recebe convidados para discutir a música como arte e forma de unir diferentes etnias. O mais curioso é que as canções registradas no disco foram todas gravadas com celulares e enviadas por meio do chat diário mantido pelo grupo – não à toa, o subtítulo do trabalho é “canções que enviamos em nosso grupo de WhatsApp”.

Núcleo Distante - Notas de Voz

Artistas do México, Argentina, Peru, Uruguai, Colômbia, Chile, Venezuela, Panamá, Guatemala e Brasil participam do coletivo: além de Ulises Hadjis e El David Aguilar, são eles Silvana Estrada, Guillermo Llamas, Roy Cañedo, Ampersan, Ezequiel Borra, Lucio Mantel, Ainda Dúo, Loli Molina, Pamela Rodriguez, Alejandro y María Laura, Lalá, Franny Glass, Florencia Núñez, To Brandileone, Andrés Correa, Paz Court, Vicente Cifuentes, Andres Landon, Augusto Bracho, Carlos Méndez e Gaby Moreno – somados, os músicos já lançaram mais de 60 álbuns, e foram indicados sete vezes ao Grammy Latino. A capa de Notas de Voz foi desenhada pelo argentino Liniers.

As 22 faixas do disco já estão disponíveis online – todas com um ar meio caseiro, a maioria em voz e violão, pela maneira como foram gravadas. Confira: