Plastic Love tem tem cerca de 20 milhões de visualizações e está à venda por valores próximos a 150 dólares

Há muito tempo, o algoritmo do YouTube não é neutro e tem o poder de fazer emergir pequenos tesouros de sua plataforma. Lembre-se: é por força de indicações como essa que o grupo Cigarettes After Sex (que você conhece aqui da programação da Itapema) ficou conhecido do grande público. Em questão de meses, sem nunca ser apoiado pela mídia, o grupo fez milhões e milhões de visualizações online – simplesmente porque foi oferecido automaticamente para todos que ouviram a banda americana do final da década de 1980 Mazzy Star, por exemplo.

Mas o algoritmo YouTube não favorece apenas o que é novidade: ele também destaca músicas que estão a caminho de desaparecer no limbo da Internet. É o caso dessa faixa de um disco lançado no Japão em 1985. Plastic Love era uma raridade fora do país, um sucesso pop local que em poucos meses tornou-se um fenômeno mundial graças à internet. Hoje, tem cerca de 20 milhões de visualizações, e o original está à venda agora por valores próximos a 150 dólares.

Mas por que ele escolheu essa peça, em vez de outra? Provavelmente porque ela descreve um sentimento muito moderno, uma solidão noturna que atinge os usuários da Internet do século XXI. Em qualquer caso, o que sabemos sobre esse algoritmo do YouTube é que ele tende a oferecer músicas que não incomodam, cujas palavras não dizem muita coisa e cuja produção é elegante.