Por GaúchaZH

Rapper paulista faz críticas ao caos social e político vivido no Brasil no vídeo

No domingo (30), o rapper paulista Criolo lançou o clipe de música Boca de Lobo no Youtube. A canção de protesto retrata o caos social e político vivido pelo Brasil nos últimos anos. O vídeo impressiona pela cinematografia e efeitos especiais, mostrando bichos gigantes atacando uma São Paulo apocalíptica. Referências a tragédias recentes do país pululam por todo o clipe. Abaixo, a GaúchaZH fez uma lista com seis referências encontradas na produção:

Incêndio no Museu Nacional

Na TV, pessoas na rua veem um noticiário que mostra o incêndio que destruiu o museu na Quinta da Boa Vista no início de setembro.

Incêndio no prédio do Largo Paissandu

Um prédio em chamas logo no início do clipe relembra o incêndio que ocorreu na ocupação do prédio no Largo Paissandu em maio.

Menino de uniforme

Em determinado momento, um menino de uniforme escolar do Rio de Janeiro é atendido. A roupa faz referência ao episódio com o estudante Marcos Vinícius da Silva, de 14 anos, morto no Complexo da Maré, em junho.

Bela, recatada e do lar

No refrão em que Criolo faz crítica à elite brasileira: “Enquanto isso a elite aplaude seus heróis / Pacote de Seven Boys”, uma das mulheres veste uma camiseta em que se lê “Bela, recatada e do lar”. Termo que ficou conhecido por ter sido utilizado para descrever à esposa de Michel Temer em uma reportagem.

Corrupção

Cenas de políticos colocando maços de dinheiro na mala e na cueca também aparecem no vídeo. Referências a diversos episódios de corrupção em que políticos foram filmados fazendo isso.

Desastre de Mariana

No final, um porco gigante chafurda em uma cidade inundada de lama. A referência traz de imediado o desastre de Mariana, Minas Gerais, depois do rompimento de uma barragem.