O tributo já estava sendo planejado desde antes da morte da cantora, na manhã desta quinta-feira

Um tributo em homenagem aos 60 anos de carreira de Aretha Franklin vai ser realizado em Nova York em novembro – as informações são da Billboard, que confirmou boatos que já rolavam nas redes sociais há alguns meses. O evento está sendo organizado por Clive Davis, da Sony Music, presente há anos na carreira da cantora, como um de seus apoiadores mais antigos. O planejamento vem desde muito antes da morte de Aretha: a diva havia inclusive dado seu aval para a realização do show.

Aretha Franklin

Nenhum anúncio oficial sobre a homenagem foi feito após a morte da artista, na manhã desta quinta-feira, mas é provável que não seja feita nenhuma alteração nos planos: a morte de Aretha só parece dar força à necessidade de um tributo. O line-up ainda não foi oficialmente anunciado, mas a atriz e cantora Jennifer Hudson – que vai interpretar Aretha em uma cinebiografia anunciada ainda em janeiro – teria sido pessoalmente convidada pela homenageada. O setlist, claro, deve incluir sucessos imortais da Rainha do Soul, como Respect, Think, I Say a Little Prayer e Freeway of Love.

A previsão é que o evento aconteça no dia 14 de novembro, no Madison Square Garden. Aretha Franklin morreu na manhã desta quinta-feira, 17 de agosto, aos 76 anos de idade, em sua casa em Detroit, nos Estados Unidos – o anúncio foi feito pela família, que afirmou que ela partiu “cercada de familiares e amigos”. Informações sobre a piora na condição de saúde da artista circulavam desde o começo da semana. A causa oficial da morte foi o avanço de um câncer no pâncreas.