Com dez faixas inéditas, o disco sai no final de agosto

O período que Amos Lee passou escrevendo as dez canções que compõem My New Moon, seu próximo álbum de estúdio, foi definido como uma época de perdas e de conexão consigo mesmo – o que faz deste um de seus trabalhos mais pessoais até agora. Entre os acontecimentos que inspiraram as composições do artista estiveram a morte de sua avó e um encontro em Massachusetts com os pais de uma vítima de 11 anos de câncer – a família contou que ouvia as músicas de Lee durante seus últimos dias juntos. “Nesse momento eu pensei ‘caramba, o que eu faço realmente tem efeitos duradouros'”, explicou o músico em um comunicado. “Antes disso eu sentia que havia uma relação meio abstrata entre minhas canções e a audiência. Você ouve os aplausos no final de um show, mas não consegue realmente experimentar a maneira como as pessoas se conectam com a música, de uma maneira assim, mais profunda. Desde então eu me abri a ter mais pessoas à minha volta, a ouvir as histórias delas e compartilhar as minhas – e meu comprometimento com as canções e com os shows ao vivo e com tudo que eu faço só cresceu.”

Amos Lee

O disco sai no dia 31 de agosto, pela Dualtone Records, e foi gravado no Zeitgeist Studio, em Los Angeles. A produção é de Tony Berg, e diversos convidados especiais dão as caras – entre eles, Ethan Gruska, Blake Mills, Benmont Tench, Patrick Warren, Greg Leisz e Rob Moose. O material já está disponível para pré-venda. No final de julho, Lee começa uma turnê pelos Estados Unidos, para promover o novo álbum.

Amos Lee - My New Moon

O primeiro single divulgado é No More Darkness, No More Light – a faixa fala sobre o tiroteio que deixou 17 mortos em Parkland, na Flórida, em fevereiro deste ano. O curioso é que, originalmente, a música tinha um título e um tema diferentes, mas, como o que o próprio Lee contou em entrevista recente à revista Billboard, “nós [ele e o produtor Tony Berg] gostávamos da melodia e do jeito como ela soava, mas ainda não estávamos conectados com a letra. No dia seguinte ao que aconteceu em Parkland, eu não conseguia parar de pensar na nossa história, na história dos Estados Unidos, e em quais eu acho que são nossas obrigações uns com os outros, então eu fui e reescrevi a canção inteira. Espero que possa haver algum sentimento construtivo em toda essa tragédia. E esse é meio que o sentimento do disco como um todo.”

Ouça:

Confira a tracklist de My New Moon:

No More Darkness, No More Light
Louisville
Little Light
All You Got Is A Song
I Get Weak
Crooked
Hang On, Hang On
Don’t Give A Damn Anymore
Whiskey On Ice
Don’t Fade Away