Com sonoridade blues, a novidade traz faixas registradas ao longo dos dois últimos anos de vida do músico

Saiu na última sexta-feira, em diversos formatos, um registro inédito de Jimi Hendrix: o álbum Both Sides of the Sky, com gravações de estúdio feitas pelo músico ao longo de seus dois últimos anos de vida. A novidade é a última parte de uma trilogia que começou em 2010, com Valleys of Neptune, depois que a Sony chegou a um acordo com a irmã de Hendrix, Jeni, para a liberação do material.

Both Sides of the Sky

Com um pé no blues, Both Sides of the Sky traz tanto inéditas quanto covers, como Woodstock, de Joni Mitchell, e Things I Used To Do, do Guitar Slim. O disco conta também com diversas participações especiais, de gente como Stephen Stills, Johnny Winter e o vocalista e saxofonista Lonnie Youngblood, companheiro de Hendrix antes da fama na banda Curtis Knight & The Squires. “Vê-lo tocar era como acompanhar o melhor atleta que você já viu”, comentou Stills sobre Hendrix, em entrevista à Rolling Stone norte-americana. “Ele me ensinou a para de pensar e deixar acontecer.”

John McDermott, co-produtor do registro, é vago ao responder se este pode ser o derradeiro lançamento com material inédito de Jimi Hendrix: “É difícil dizer. Com Jimi, sempre há esperança de que exista uma pilha de fitas ótimas em algum lugar por aí. Ele amava gravar e criar.”

Confira a tracklist de Both Sides of the Sky:

Mannish Boy (inédita)
Lover Man (inédita)
Hear My Train A Comin’ (inédita)
Stepping Stone (inédita)
$20 Fine (inédita, com Stephen Stills)
Power Of Soul (versão estendida inédita)
Jungle (inédita)
Things I Used to Do (com Johnny Winter)
Georgia Blues (com Lonnie Youngblood)
Sweet Angel (inédita)
Woodstock (inédita, com Stephen Stills)
Send My Love To Linda (inédita)
Cherokee Mist (inédita)