A vocalista, que morreu em janeiro, já havia gravado vocais para um novo disco da banda

Noel Hogan, Mike Hogan e Fergal Lawler, ex-companheiros de Dolores O’Riordan na banda Cranberries, divulgaram via Facebook a informação de que pretendem lançar um novo álbum utilizando vocais que a cantora já havia gravado antes de morrer. “Muita gente tem nos perguntado qual será o futuro da banda”, diz o post. “Temos discutido isso durante os últimos dias. Ao longo dos últimos meses, já havíamos começado o processo de composição do novo álbum do Cranberries, e algumas músicas já estão bem desenvolvidas. Dolores já tinha gravado o vocal dessas faixas, então decidimos finalizá-las, que é o que ela gostaria que fizéssemos.” Mas nada de ansiedade: os integrantes já deixaram avisado que “além de finalizar o novo álbum, existem ainda outros projetos do Cranberries que já estavam encaminhados. Vamos olhar para cada um deles conforme o tempo permitir.”

Os músicos aproveitaram o anúncio para agradecer aos fãs pelas mensagens de apoio que têm recebido nas últimas semanas: “Ver todo o impacto positivo que Dolores teve na vida de tanta gente é incrível e nos conforta nesse momento tão difícil”, concluíram.

Dolores O’Riordan foi encontrada morta em Londres no dia 15 de janeiro, aos 46 anos. A causa da morte ainda não foi divulgada. A cantora estava na cidade para gravar uma participação especial em um cover da música Zombie, clássico do Cranberries – a nova versão, assinada pela banda Bad Wolves, saiu sem a participação da cantora: