A partir do próximo dia 25, o MIS Museu da Imagem e Som de Santa Catarina, recebe a exposição Thirdpsilon, do artista Bruno Bez. A mostra poderá ser visitada até 18 de fevereiro de 2018, entre terças-feiras e domingos, das 10 às 21h. A entrada é gratuita.

Thirdpsilon / Divulgação

O artista é natural de Florianópolis e dedica-se a performances visuais em tempo real, bem como vídeo arte. Recentemente esteve entre os artistas selecionados na Bienal de arte digital “The Wrong” no Centro Cultural São Paulo. Também integrou a programação do “Immesphere – Festival Internacional de Fulldome”, primeiro do gênero este ano no Brasil, no planetário de Brasília, onde teve seu experimento “Synapse” premiado na categoria Melhor Filme (voto popular).

A mostra, que dispõe de instalações audiovisuais, simula experiências que provocam a lógica, os sentidos e atribuem substância sensorial à uma realidade virtual ampla e insólita.

Serviço:

O quê: Exposição Thirdpsilon – Digital Roughness de Bruno Bez
Abertura: 25 de janeiro de 2018, às 19 – Performance ao vivo de Bruno Bez recompondo a narrativa de seus visuais em diálogo com o músico pianista e sintesista Diogo de Haro (entrada gratuita);
Quando: de 25 de janeiro a 18 de fevereiro de 2018 (terça-feira a domingo, das 10 às 21h);
Onde: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC) – Centro Integrado de Cultura (CIC)  – Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600 – Agronômica, Florianópolis/SC.