Segundo Mitch Winehouse, o show seria mais focado nas músicas de Amy, e menos em seus problemas com álcool e drogas

A família de Amy Winehouse está negociando a realização de um projeto que vai transformar a vida da cantora em um musical – pelo menos é o que afirma Mitch Winehouse, pai da artista. Em entrevista ao The Sun, ele falou sobre como gostaria de ver a vida da filha narrada nos palcos: “Estamos negociando a realização de um musical que celebre sua vida para um futuro próximo”, afirmou. “Queremos fazer algo que lembre Amy pelo que ela foi, que vai muito além das drogas e do álcool.”

É de se esperar que um projeto com o aval da família Winehouse seja focado apenas na música, e não nos problemas pessoais de Amy: a família criticou duramente o premiado documentário Amy, que saiu em 2015, e que escancarava tanto a hesitação da cantora em tornar-se uma diva do soul quanto o fato de que seus pais e seu namorado pareciam ignorar o quanto ela precisava de ajuda para se livrar do vício em álcool e drogas. Amy Winehouse morreu em 2011, aos 27 anos de idade, vítima de uma overdose.