A artista está relançando, aos poucos, toda a sua discografia

O grande projeto de Yoko Ono de relançar toda sua discografia continua em julho – no mês que vem, a artista coloca três LPs de volta no mercado: Fly, de 1971, e Approximately Infinite Universe e Feeling The Space, ambos de 1973. O projeto começou ainda em novembro do ano passado, com as estreias das novas versões de Unfinished Music No. 1: Two Virgins, de 1968, Unfinished Music No. 2: Life With Lions, de 1969, e Plastic Ono Band, de 1970. Assim como aconteceu com os primeiros discos, os novos álbuns a ser relançados chegam totalmente remasterizados, e com a arte de capa original reproduzida. As novidades também marcam a primeira vez que o catálogo de Ono é disponibilizado em versão digital.

yoko ono

Fly – cuja faixa-título tem 22 minutos de duração – conta com a música Don’t Worry, Kyoko (Mummy’s Only Looking For Her Hand in The Snow), que conta com as participações de ninguém menos que John Lennon, Eric Clapton, Ringo Starr e Klaus Voorman. Approximately Infinite Universe é um trabalho de rock mais tradicional, ao lado do grupo nova-iorquino Elephant’s Ear, e ainda com contribuições de Lennon. Feeling the Space é mais politizado, e marcado fortemente pela separação de Ono e Lennon, que durou cerca de um ano e meio – o álbum vai contar com uma faixa-bônus, uma versão ao vivo de Coffin Car. A chegada dos três novos materiais está marcada para 14 de julho, mas eles já estão disponíveis para pré-venda.

Confira o vídeo de divulgação:

Ainda há mais cinco discos com relançamento programado: A Story (originalmente gravado em 1974, mas lançado apenas em 1992), Season of Glass (de 1981), It’s Alright (I See Rainbows) (de 1982), Starpeace (de 1985) e Unfinished Music No. 3: Wedding Album (de 1969).