Cineclubes, universidades, fundações culturais, museus e unidades do Sesc receberão o evento até a próxima quinta-feira

Descentralizar e democratizar o acesso às produções de cinema do Mercosul para todo o público, sempre com entrada gratuita – esse é o lema do Circuito FAM de Cinema, que, no mês de maio, vai exibir os filmes Vencedores do 20º Florianópolis Audiovisual Mercosul. Nesta edição, o Sesc é parceiro do Circuito FAM de Cinema, e 20 unidades do estado recebem os filmes da mostra itinerante. A Universidade do Estado de Santa Catarina mantém o apoio firmado em 2014 e sete centros da UDESC recebem a programação. Ao todo, são 28 cidades de todas as regiões de Santa Catarina, em 40 pontos, com mais de 200 exibições.

fam

O Circuito FAM de Cinema 2017 está dividido em cinco programas diferentes, com os filmes eleitos pelo Júri Oficial e Popular no FAM do ano passado; e inclui 11 curtas e dois longas-metragens, com programação adulta e infantojuvenil. A Sessão 1 exibe o filme 5 x Chico – O Velho e Sua Gente, de Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein, Eduardo Nunes e Gustavo Spolidoro, eleito o Melhor Documentário pelo Júri Oficial da mostra Doc-FAM. O documentário retrata a fé, as paixões, as lendas e a busca pela sobrevivência nas comunidades ribeirinhas do gigante Rio São Francisco nos cinco estados pelos quais o rio passa, até a deságua no mar do Nordeste brasileiro, levando vida a mais de 16 milhões de brasileiros. Na Sessão 2, o documentário eleito pelo Júri Popular na Mostra DOC-FAM, Olhar de Nise, de Jorge Oliveira e Pedro Zoca. Nise da Silveira se recusa a usar o choque elétrico e adota a arte terapia para tratar seus pacientes. As obras dos talentosos artistas que encantam C.G. Jung são parte da mudança de vida de milhares de pessoas e da medicina.

A Sessão 3 traz os ganhadores da Mostra Infantojuvenil. A descoberta na infância passa por muita curiosidade e algumas dificuldades em O melhor som do mundo, de Pedro Paulo de Andrade; e Meu pequeno herói não sabe voar, de Pedro Jorge. Já em Òrun Àiyé – A Criação do Mundo, de Cintia Maria e Jamile Coelho, nos aproximamos de outro mundo, que faz parte dos mitos de nossa criação. Na Sessão 4, a classificação indicativa é de 12 anos, e estão os vencedores da Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense, que conta com o filme Chacal – Palavra Filme, de Piu Gomes, que apresenta o poeta em seu próprio estilo. Os perigos ao meio ambiente estão retratados em Castillo y el armado, Pedro Harres, e Deserto verde, de Juliana Kroeger, este último uma produção catarinense. Uma luz de equilíbrio nos dá esperança em Jasy Porã, de Pavel Tavares. E, na Sessão 5, os Vencedores da Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense. O grande premiado do FAM 20 anos e de diversos festivais Rosinha, de Gui Campos, conta a história de amor que já chegou à terceira idade. Uma comédia com D.E.U.S, de Rafael Costa; e muita cultura de comunidades nativas em Las musas de pogue, de Germán Arango; e Buracão, de Teka Simon e Camila Oliveira, com classificação indicativa de 14 anos. Confira a programação completa aqui.

Cidades: Florianópolis, Araranguá, Balneário Camboriú, Brusque, Caçador, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Ibirama, Imaruí, Imbituba, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Laguna, Palhoça, Rio do Sul, Salto Veloso, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, São Miguel do Oeste, Tijucas, Tubarão, Urubici, Videira e Xanxerê.

Em Florianópolis, as sessões acontecem em oito locais: Cineclube UNISUL; CIC; NETI-UFSC; FAED-Udesc; CEAD-Udesc; CEART-Udesc; Instituto Estadual de Educação; Escola Estadual Idelfonso Linhares; e Auditório do Hospital Infantil Joana de Gusmão.