A produção é capitaneada por artistas como Elton John, Jack White e Nas

Elton John, Jack White, o rapper Nas e outros artistas vão explorar e analisar um dos principais momentos da história da música norte-americana em um novo documentário dividido em três partes – batizado de American Epic – e em um filme, com o título The American Epic Sessions. American Epic teve sua estreia no Festival de Sundance e será transmitido na rede PBS nos dias 16, 23 e 30 de maio, enquanto The American Epic Sessions vai ao ar pelo mesmo canal no dia 6 de junho. A trilha sonora oficial chega no dia 12 de maio, via Third Man Records (gravadora de Jack White), Legacy Recordings e Columbia.

A produção narra um período de mudanças monumentais na indústria musical: como o diretor Bernard MacMahon explica no trailer, na década de 1920, as gravadoras, temendo que o rádio pudesse se tornar o personagem dominante no mercado musical, rastrearam os Estados Unidos à procura de novos artistas e mercados – usando para isso os primeiros equipamentos elétricos de gravação de que se tem notícia. O engenheiro de áudio Nicholas Bergh conseguiu recriar um desses aparelhos a partir das peças originais, e o equipamento foi usado para gravar toda a trilha sonora do documentário. “Alguns dos meus heróis gravaram naquelas máquinas nos anos 1920”, comenta Taj Mahal no trailer. “Viajar até lá através deste portal é algo fenomenal.”

american epic

Jack White e T. Bone Burnett produziram American Epic, que conta com performances de Alabama Shakes, Beck, Avett Brothers, Los Lobos, Willie Nelson, Merle Haggard, Steve Martin, Edie Brickell, Rhiannon Giddens e Raphael Saadiq. A trilha sonora completa soma nada menos que 100 canções. O material ainda será acompanhado por um livro, a ser publicado no dia 2 de maio, com imagens inéditas dos artistas participantes e histórias sobre o making of da produção.