Andres Amador é um artista que usa uma técnica diferente: morando em São Francisco, nos Estados Unidos, e acostumado a ter por perto praias e o mar, ele decidiu usar a areia como matéria-prima para criar desenhos impressionantes, que chegam a mais de 30 metros de comprimento. E como ele consegue fazer trabalhos desse tamanho? Com uma ajudinha do Google Earth: através dele, Amador escolhe a praia onde vai trabalhar e, vendo previamente o espaço que tem para desenhar, já consegue imaginar o que vai fazer antes de chegar ao lugar. O artista também precisa se guiar pela Lua: para que suas obras possam ser realizadas e durem durante mais tempo, ele só trabalha na época da maré baixa (clique nas imagens para ampliar).

areia1

areia3

areia4

Mesmo com todos os cuidados, as criações de Amador são, naturalmente, bastante efêmeras – e, depois de algumas horas, restam apenas os registros feitos em foto. “O que eu quero trazer a quem vê a obra é um senso de urgência, para notar o mundo que há em volta e reservar um momento para apreciar isso”, diz o artista, explicando que a curta duração dos desenhos faz parte da proposta. “Quero chamar a atenção para algo que é tão grandioso e ao mesmo tempo tão frágil. Quando termino um trabalho, tiro minhas fotos e tenho alguns minutos com ele, me sinto completo. Só posso sorrir e agradecer por ter tido a oportunidade de fazer aquela obra. Porque qualquer dia na praia é um bom dia.”

por Marina Lopes
Itapema FM SC