O vídeo foi divulgado na véspera da morte de Cornell, vocalista das bandas Soundgarden e Audioslave

Nesta sexta-feira, a trilha sonora da comédia romântica Vida de Solteiro (1992) ganha uma versão estendida – e, para divulgar o lançamento, os músicos que participaram da trilha (e, em alguns casos, de cenas do filme, dirigido por Cameron Crowe) se reuniram para comentar a produção e as canções selecionadas para ela. Entre eles, está Chris Cornell, líder do Soundgarden e Audioslave – o vídeo foi divulgado na véspera da morte do artista, que tinha 52 anos de idade.

chris cornell

Na gravação, Sean Kinney, baterista do Alice In Chains, relembra que ficou surpreso ao saber que Crowe estava fazendo um filme sobre a cena musical de Seattle. “Você vai para Seattle fazer um filme sobre algo que quase ninguém conhece?”, questionou. “Naquela época, o grunge não existia.” Chris Cornell completa: “Por ter sido realizado antes da explosão das bandas, Vida de Solteiro acabou sendo uma referência quando se trata do que aconteceu na cidade.” Micke McCready, baterista do Pearl Jam, comenta justamente a faixa Birth Ritual, contribuição do Soundgarden de Cornell para a trilha sonora: “É ridiculamente boa. Uma das melhores músicas da história.” A trilha inclui ainda Heart, Mother Love Bone, Mudhoney, Screaming Trees e Paul Westerberg, do The Replacements. “O filme eterniza uma época da música”, afirma Barrett Martin, baterista do Screaming Trees.

Veja:

O relançamento do material vem em versão digital e outra física, com dois CDs e dois LPs, incluindo um disco bônus com músicas inéditas e canções que foram ouvidas no filme, mas que não estavam na trilha sonora original.

Chris Cornell foi encontrado morto em um quarto de hotel na madrugada de quarta para quinta-feira. A polícia vem trabalhando com a hipótese de suicídio.