“É triste saber que é a última turnê, mas eu nunca me diverti tanto na estrada”, disse o músico, sobre a The End Tour

O Black Sabbath pode estar atualmente fazendo sua turnê de despedida, mas o líder Ozzy Osbourne não tem planos de se aposentar: nos últimos dias, o músico deu duas entrevistas em que falou sobre seus projetos para além do fim da banda. Ao site norte-americano Metro, Ozzy afirmou que já começou a trabalhar em novas ideias: “Tenho algumas coisas reunidas e, quando o Black Sabbath terminar a turnê, eu vou voltar ao estúdio com minha banda para gravar essas músicas. Quando tudo estiver pronto, com certeza voltarei à estrada.” A The End Tour, aliás, passa pelo Brasil no final do ano, entre novembro e dezembro, com shows marcados em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. A última performance da história do Black Sabbath está marcada para fevereiro, na cidade natal do grupo, em Birmingham, na Inglaterra.

ozzy

Já em entrevista à revista Rolling Stone norte-americana, Ozzy comentou que, ao contrário do que as pessoas imaginam, fazer a turnê final não está sendo “emocional”: “É triste saber que é a última turnê, mas eu nunca me diverti tanto na estrada”, declarou. Quando perguntado sobre bandas como o The Who, que fizeram turnês de despedida para voltar aos palcos poucos anos depois, o músico garantiu: “Nós vamos definitivamente terminar em Birmingham. Não vamos voltar depois de cinco anos e dizer ‘sabe, já que o público pediu…’. É bom terminar quando estamos em uma boa fase.”

O entrevistador também comentou com Ozzy a respeito de roqueiros veteranos, como Steven Tyler, que estão se aventurando pela música country – mas o vocalista descartou a ideia imediatamente. “Eu não, obrigado”, disse. “Pessoalmente, eu acho que você deve se ater ao que faz de melhor. Se Steven está se divertindo com isso, quem sou eu para dizer alguma coisa? Mas para mim seria absurdo fazer algo parecido. Não é que eu não goste de country, mas imagine o ‘Príncipe das Trevas’ com um chapéu de cowboy?”