No começo da semana, Axl Rose foi anunciado como vocalista da banda

Mais um capítulo na novela sobre o AC/DC: depois do anúncio oficializando Axl Rose no posto de vocalista, pelo menos até o final da turnê Rock Or Bust, Brian Johnson finalmente se manifestou sobre seu afastamento da banda, depois de muitos rumores e polêmicas. Johnson divulgou um comunicado oficial à imprensa, que você pode ler logo abaixo:

“Como muitos fãs do AC/DC sabem, os shows remanescentes de 2016 da turnê mundial Rock Or Bust, incluindo as 10 datas reagendadas nos Estados Unidos, vão contar com um vocalista convidado. Eu, pessoalmente, quero explicar o motivo pelo qual os comunicados anteriores não representaram suficientemente o que eu quero falar para os nossos fãs. No dia 7 de março, após uma bateria de exames feita por médicos da área auditiva, eu fui avisado de que, se eu continuasse me apresentando em grandes locais, estaria correndo o risco de ficar completamente surdo. Apesar de eu ficar abalado com o peso real da notícia naquele dia, já por algum tempo eu estava ciente de que a perda parcial de audição estava começando a interferir no meu desempenho no palco. Eu estava com dificuldade em ouvir as guitarras no palco, e por causa disso eu não conseguia ouvir os outros músicos de forma clara – e temia que a qualidade da minha apresentação pudesse ficar comprometida. Com toda a honestidade, isso era algo que em sã consciência eu não poderia permitir.

CONCIERTO DE ACDC

Os nossos fãs merecem que minha apresentação seja a de mais alto nível, e se por algum motivo eu não conseguir expressar este nível de desempenho, eu não quero desapontar os nossos fãs ou embaraçar os outros membros do AC/DC. Eu gosto de terminar o que começo, contudo, os médicos deixaram claro para mim e para os meus companheiros de banda que eu não tinha alternativa que não a de parar de me apresentar nos palcos. Esse foi o pior dia da minha vida profissional. Desde então, eu fiz várias consultas com meus médicos e parece que, no curto prazo, eu não poderei me apresentar nos palcos de arenas e lugares que tenham o tamanho de um estádio, onde os níveis de som ficam além do meu nível de tolerância, sem correr o risco de perda substancial da audição e a possibilidade de surdez total. Até então, eu tentei ao máximo que pude continuar, apesar da dor e da perda da audição – mas agora tudo ficou mais arriscado.

Pessoalmente, fiquei devastado com essa realidade, mais do que qualquer um pode imaginar. A experiência emocional que sinto agora é pior do que qualquer outra coisa que já vivenciei na minha vida. Fazer parte do AC/DC, gravar e tocar para milhões de fãs devotados ao longo desses 36 anos têm sido o trabalho da minha vida. E não consigo me imaginar sem fazer parte disso tudo – mas no momento eu não tenho escolha. A única certeza é que eu estarei com o AC/DC em todos os shows – em espírito, se não em pessoa. E, mais importante, eu me sinto muito mal em desapontar os fãs que compraram os ingressos para os shows reagendados e aqueles que apoiaram a mim e ao AC/DC durante muitos anos. Palavras não podem expressar minha profunda gratidão, não apenas pelas recentes mensagens de apoio e desejo de melhoras, mas também pelo leal apoio ao AC/DC por tantos anos. Meus agradecimentos vão também ao Angus e Cliff, pelo apoio deles.

Concluindo, eu gostaria de assegurar aos fãs que não estou me aposentando. Meus médicos disseram que eu posso continuar gravando em estúdio, e eu pretendo fazer isso. No momento, toda minha energia está focada em continuar com os tratamentos médicos para melhorar minha audição. Eu espero que, logo que minha audição melhorar e que for possível, eu estarei retornando às apresentações ao vivo. Enquanto o resultado é incerto, minha atitude é otimista. De resto, só o tempo dirá.

De novo, meus sinceros agradecimentos a todos pelo apoio e compreensão. Com amor, Brian.”

A mensagem é mesmo melancólica, como não poderia deixar de ser – e a reação dos fãs a tudo isso vem sendo nada menos que enfurecida. Na internet, muitos torcem por Johnson, mas veem pouca chance de um retorno do vocalista em um futuro próximo – e a grande maioria vem detonando Axl no cargo de vocalista do AC/DC. Talvez fosse melhor, comentam, que o grupo todo se aposentasse, de forma digna e respeitando a gloriosa trajetória da banda, em vez de desapontar seu público depois de tantos anos de sucesso. O que você acha?