Enquanto isso, parece que Ozzy anda trabalhando em um novo disco solo

Depois do anúncio da turnê de despedida do Black Sabbath – que começa em janeiro na América do Norte, e também já tem apresentações marcadas na Austrália e na Nova Zelândia -, veio a confirmação da banda responsável pelos shows de abertura: os escolhidos foram os norte-americanos do Rival Sons. Que mora por aqui talvez ainda não conheça o grupo, mas, se esse for o seu caso, não perca tempo: o Rival Sons vem conquistando público e crítica por onde passa – e tem até mesmo sido comparado ao Led Zeppelin, principalmente pela impressionante voz de Jay Buchanan. Eu nunca tinha prestado muita atenção na banda até ir ao festival Monsters Of Rock, em São Paulo, em abril deste ano – e ficar de queixo caído com a performance dos californianos. Confira algumas faixas:

facebook

O Black Sabbath pode estar se despedindo, mas o vocalista Ozzy Osbourne está longe de se aposentar: segundo Sylvia Rhone, presidente da Epic Records, o Madman está trabalhando em um novo álbum de inéditas. “Será um trabalho muito especial”, ela comentou, durante um evento em Los Angeles na última semana. “Algo que Ozzy sempre quis fazer. Mas ainda é muito cedo para entrarmos em detalhes. E tem mais: jornais norte-americanos tem especulado a respeito de uma possível participação de Ozzy no terceiro filme da franquia Ghostbusters. Os produtores recentemente convocaram voluntários para atuar como ‘headbangers’ em uma cena que envolve um show de rock ao vivo – e os boatos dizem que o tal show seria justamente de Ozzy. “Nosso espião ouviu vários membros da equipe falando sobre o frontman do Black Sabbath no clube onde os atores gravavam suas cenas”, publicou o jornal Boston Herald. “E pôsteres do lado de fora do local anunciavam um festival com a participação de Ozzy Osbourne como parte de uma maratona de doze horas de metal.” É esperar para ver. 😉