A turnê, produzida pela Live Nation, passaria apenas por Estados Unidos e Canadá

Depois de anos negando uma possível reunião do Led Zeppelin, os integrantes da lendária banda parecem ter mudado de ideia: segundo o jornal Destak, o grupo volta à estrada na metade do ano que vem, para uma turnê pelos Estados Unidos e Canadá. Produzida pela Live Nation, a turnê vai contar com shows realizados em casas pequenas – os ingressos serão sorteados entre os inscritos, como aconteceu aqui no Brasil durante a Copa do Mundo, no ano passado. Só podemos imaginar quanto cada integrante do Led Zeppelin recebeu para embarcar nessa: a última informação a respeito, divulgada pelo tabloide The Mirror, dizia que o frontman Robert Plant havia recusado uma proposta de nada menos que 500 milhões de libras – algo em torno de R$ 2 bilhões – para se reunir com a banda. Na mesma época, o guitarrista Jimmy Page também descartou a ideia: “Não vejo isso como uma possibilidade, então não há muito o que dizer”, afirmou.

facebook

A última reunião da banda aconteceu em 2007

A suposta turnê de 2016 vai contar, além de Robert Plant e Jimmy Page, com o baixista Paul Jones. Da formação original falta apenas o baterista John Bonham, morto em 1980 – quem vai assumir a posição é seu filho, Jason Bonham, que já acompanhou os outros integrantes do Led Zeppelin em ocasiões anteriores. A última vez que esta formação se reuniu foi em 2007.

As informações afirmam ainda que, antes de voltar à estrada, o grupo ainda vai gravar um álbum de inéditas – o primeiro desde 1982. Por enquanto, nada foi oficialmente confirmado.