Sabe quando você vai a um show e precisa assistir à performance através das telinhas de todas as pessoas sem-noção que ficam com seus smartphones erguidos, gravando toda a apresentação (e, claro, atrapalhando a visão de quem está logo atrás)? Pois Marky Ramone, ex-baterista dos Ramones, fez uma brincadeira com a situação para lançar sua nova autobiografia: o músico divulgou um vídeo, como se fosse uma propaganda, em que fala sobre o “smartphone swatter” – um trocadilho com a palavra “flyswatter”, ou “mata-moscas”, em bom português. O tal utensílio seria nada mais que um disco – de punk rock, é claro – grudado a uma baqueta; e, com ele, Marky destrói os smartphones usados para gravar os shows – ou, pior ainda, fazer selfies durante o evento.

No finalzinho do vídeo, Marky sugere que sua nova autobiografia, The Punk Rock Blitzkrieg, também pode ser usada para o mesmo fim. E brinca com a filosofia punk do “do it yourself”: “Você quer saber onde comprar o smartphone swatter? Seja um punk: faça o seu você mesmo!”

facebook

Sobre o livro ou o smartphone swatter eu não sei – mas, que alguém podia mesmo dar um jeito nos tais smartphones, ah, isso bem podia.