meditação

Sabemos que o pensamento transforma, para o bem e para o mal, se uma criança crescer ouvindo palavras de desrespeito esta criança além de possuir diversos problemas será um adulto com baixa autoestima, além de outros transtornos. Assim somos no nosso dia a dia, precisamos reforçar nossos mecanismos de auto aceitação e amor próprio diariamente. Realmente trata-se de um exercício como outro qualquer, o pensamento transforma, então tenta pensamentos bons em relação ao seu corpo. Alimente o que realmente é bom em você , se elogie, se ame, ninguém é mais perfeito do que você.

Desenvolva mecanismos de aceitação e não de piedade ou ódio, não reforce o que está ruim, mas ressalte o que é bom.  O mesmo em relação à alimentação não tente introduzir coisas novas se você não faz nem o básico, siga uma dieta simples e capaz de ser executada, coisas muito elaboradas podem desencadear frustração e o abandono da dieta. Tudo bem se sua amiga sabe fazer o prato versão fit da hora, que bom para ela. Tente fazer algo mais elaborado quando realmente tiver tempo de sobra, caso o contrario mantenha o básico, grelhados, saladas, frutas e legumes. E no fim de semana com calma teste um prato novo, não se cobre.

Ninguém sabe suas batalhas diárias, tire um tempo para se olhar e ver o quanto você é incrível e merece se perdoar e seguir em frente. O corpo e a alma irão se transformar. Experimente se amar, não se coloque para baixo. Lute contra o fantasma da baixa autoestima. Cultive somente pensamentos bons. Olhe para aquele biquíni que você não pode usar, mas não lamente esse verão que passou e você não usou. Mude o pensamento e determine a usá-lo no próximo, se imagine nele. Confie, você pode mais!