O oitavo álbum do italiano Bebo Best e a sua Super Lounge Orchestra sai no dia 12 de outubro pelo celebrado selo Chin-Chin Records. O novo trabalho revisita a bossa nova numa mistura elaborada com elementos de jazz.

Bossa nova, Jazz, Swing e Funk são gêneros musicais prestigiados em todo o mundo. Pela primeira vez na carreira da banda, este álbum, devidamente intitulado “Swing Bossa”, combina a tradição da bossa nova com o Swing, tudo bem temperado pelo estiloso “Nu Jazz”.

A sonoridade deste disco é bastante ampla, talvez o mais interessante venha pela ousadia do grupo, que afirma ter se inspirado no som do início dos anos 1960 ou início dos anos 1970, para adicionar os toques eletrônicos do início do século XXI.

Enquanto para muitos grupos o processo de encontrar o “som vintage” pode soar antigo, Bebo Best & The Super Lounge Orchestra estão querendo projetar os anos 60/70 para o futuro. Um olhar sobre a arte de capa pode ser convincente, as cores do projeto nos remete diretamente ao clima retrô.

Todos os ingredientes sugeridos pela banda são suficientes para transformar esse disco em um trabalho original, sem distorcer sua natureza intrinsecamente vintage, ancorada no coração de um celebrado triângulo – latim / jazz / funk.

Além de produtor e DJ, Bebo Best é multi-instrumentista e um arranjador muito experiente. Em “Swing Bossa” ele conta com um grupo incrível de músicos da Itália, França e Brasil, além dos vocais da franco-brasileira Heloísa de Lourenço. Nenhum material completo foi liberado até agora, o que só aumenta a expectativa deste álbum.

 

 
Vídeo e fotos – divulgação.