Norah Jones, Diana Krall, Seal, Rufus Wainwright, James Taylor, Emmylou Harris e Glen Hansard são alguns dos nomes confirmados no show ‘Joni 75 : A Birthday Celebration Live’

 

A cantora, compositora e poetisa canadense, Joni Mitchell, faz 75 anos em novembro e, para comemorar, um grupo de artistas está se preparando para realizar um tributo em dose dupla, com dois shows nos dias 6 e 7 de novembro no Dorothy Chandler Pavillon em Los Angeles.

Mitchell é e sempre foi uma artista pioneira, desde cedo manteve controle sobre sua obra, escreveu as letras e as melodias, tocou e gravou os pianos e violões e produziu muitos de seus álbuns. Em março de 2015, a cantora foi internada com o diagnóstico de aneurisma cerebral. Ela foi encontrada inconsciente em sua residência e hospitalizada logo em seguida. Amigos da artista afirmam que ela ficou, por um tempo, impossibilitada de andar ou falar.

Depois do susto, já recuperada, Mitchell revelou detalhes sobre seu mundo privado – e por que ela evita os holofotes – na biografia “Reckless Daughter : A Portrait of Joni Mitchell”, de David Yaffe, onde ela revela sua batalha contra ‘Morgellons’, uma doença caracterizada por uma desordem cutânea incomum e inexplicável.

Notoriamente reclusa, resistente a palpites de produtores e colegas, sem medo de dizer o que pensa e totalmente independente, sua trajetória musical vem inspirando milhares de artistas.

Tanto que para festejar o próximo aniversário, a equipe da cantora e compositora planejou um concerto de homenagem no melhor estilo “All-Star” – intitulado ‘Joni 75’ – que contará com Mitchell ao lado de vários músicos lendários, que sem perder tempo aceitaram ao chamado. Nomes como : Glen Hansard, Chaka Khan, Norah Jones, Emmylou Harris, Diana Krall, Los Lobos, Graham Nash, James Taylor, Seal e Rufus Wainwright, são os convidados especiais que interpretarão algumas das músicas mais icônicas de Mitchell em sua longa e celebrada carreira.

Vale lembrar que Joni Mitchell se apresentou no palco do Dorothy Chandler Pavilion, do Music Center, em duas ocasiões, em 1972 e 1974. Os shows serão uma espécie de re-encontro musical, um retorno ao local, com o objetivo de criar uma experiência íntima, do tipo “sala de estar”, e uma alegre celebração com a presença de artistas que foram profundamente impactados por sua música e desejam honrá-la.

Após o segundo show no dia 7 de novembro, o Music Center vai comemorar o aniversário com uma noite de gala especial para ela e um evento de angariação de fundos para a programação artística do centro de música. Além de tudo isso, Joni será homenageada com o prêmio “Excellence in the Performing Arts Award”, reconhecendo o espírito pioneiro da artista e sua obra atemporal.

Vídeo e fotos – divulgação.