A banda belgo-holandesa Gare Du Nord comemora 10 anos do seu álbum mais vendido – “Sexy And Jazz” – nos palcos e nos estúdios. Na estrada desde 2001, o grupo apresenta a celebrada sonoridade que mistura, entre diversos elementos, jazz, chillout e lounge, que os fez ganhar notoriedade e chamou a atenção do selo ‘Blue Note”, com o qual fecharam contrato.

Com a voz da italiana Dorona Alberti como ingrediente principal, aliada ao groove de músicos de primeira, o trabalho alcançou rapidamente proporção mundial e ganhou o merecido destaque em compilações em diferentes países.

Atualmente em turnê com um espetáculo aclamado pela crítica, a Gare du Nord, além de estar apresentando na íntegra o álbum “Sexy And Jazz” ao vivo, está lançando uma edição de luxo do disco, com algumas surpresas.

O artista Marlies Dekkers revisitou a capa do icônico álbum com o famoso salto agulha e Heleen Van Royen produziu o livro que acompanha o lançamento. Para esta edição especial, os fundadores da banda, Barend Fransen e Ferdi Lancee, assinaram um contrato com o mundialmente famoso selo Blue Note para o registro triplo. Vale lembrar que o álbum consagrou os músicos e fez a presença deles, nos palcos da Bélgica, ser bastante festejada pelo seu público.

 

Sucessos como “Beautiful Day”, “You’re My Medicine” e “Marvin & Miles” são a espinha dorsal do show, mas para este aniversário especial também não podem faltar no repertório, as canções gravadas com Paul Carrack e Chet Baker.

Outra novidade é o álbum virtual “Play“, que reúne as 60 músicas mais executadas do grupo e algumas versões não lançadas nos discos da banda. São 04 horas e 25 minutos de puro Gare Du Nord, onde o melhor a se dizer é – aperte o ‘Play’ e aumente o volume.

 

 
Vídeos e fotos – divulgação.