Muita gente sabe que Madonna está em estúdio trabalhando no novo álbum e, segundo rumores, parece que essa nova fase da rainha do pop será centrada no R&B. Será? Esperemos. Tudo ainda está sob silêncio absoluto e por enquanto, só especulações.

Hoje, durante nossa pesquisa diária, encontramos um super lado B da diva. No filme dirigido pelo seu ex-marido Guy Ritche intitulado “Destino Insólito” (2002), ela atua numa cena em que apenas dubla e dança como poucas. O que fica difícil entender é como um diretor casado, na época, com uma das maiores estrelas da música, resolve não gravar com ela cantando, seria interessante ouvir o que Madonna faria, que tipo de arranjo ou versão, ficou então essa interrogação no ar. A música “Come on a my House”, lançada em 1951, é muito conhecida na gravação da cantora americana de jazz Della Reese, que morreu em novembro do ano passado aos 86 anos.

Madonna já anunciou em suas redes sociais que está preparando o novo álbum e prometeu novidades em 2018. Não revelou muita coisa mas mostrou fotos e vídeos ao lado de artistas e produtores, e isso foi o bastante para gerar mais burburinho entre os fãs e criar expectativas. Além disso mandou diversos recados, como esse :

“Eu estou fazendo o álbum que quero fazer e não tenho que explicar nada ou pedir permissão sobre o que fazer como artista. Eu nunca fiz isso e nunca farei! Não tem nada de bom a dizer? Não diga nada! Só vibrações positivas, por favor! Sejam pacientes, ‘bitches’! Eu não me esqueci do que Deus me colocou nesse mundo para fazer! Love. Madonna”.

Achamos essa perfomance divertida e impecável de Madonna porque estamos resgatando algumas canções antigas para a programação da itapema, no sentido de promover novas sensações nos blocos musicais e fomentar a memória afetiva de nossos ouvintes. Algumas surpresas estão vindo por aí!

Paul Simon, tanto em carreira solo como na época da dupla Simon & Garfunkel, o francês Jehro, o grupo britânico Morcheeba ainda como trio, a voz de Mick Hucknall à frente do Simply Red, algumas gravações de discos antológicos de Caetano Veloso e também de Gilberto Gil – tudo isso e muito mais vai começar a aparecer em destaque na programação ao lado dos lançamentos e novidades de 2018. Aqui a pesquisa não para! Bem-vindos ouvidos teus.

 

 
Vídeo e fotos – Divulgação.