No melhor estilo ‘Soul retrô’ atualizado, a banda Black Dylan se juntou ao crescente número de artistas que apresentam uma nova dimensão para o cenário musical dinamarquês.

Liderada pelo produtor Nuplex e o vocalista Wafande, a banda apresenta uma eficiente mistura – de Soul, R&B, hip-hop e pop – em um álbum bem satisfatório, perfeito para uma tarde ensolarada de verão. Juntos, os músicos dinamarqueses esbarram nas raízes francesas e nas influências do som da lendária gravadora Motown para criar sua estética.

O Black Dylan não soa nada como um Dylan negro, mas, enraizados na era pop contemporânea, como os Dap-Kings, seus equivalentes mais próximos do passado, eles se aproximam da Soul Music americana dos meados dos anos 60, para criar uma sonoridade vintage com reverência e frescor de novidade.

O primeiro destaque é a faixa-título, “Hey Stranger”.

 

 
Vídeo e foto – divulgação.