Para comemorar os dez anos de lançamento do álbum que homenageia a arte da cantora Joni Mitchell, ‘River : The Joni Letters’, o mestre americano do jazz Herbie Hancock, está lançando uma edição de luxo especial, que sai agora, essa semana, dia 15 de dezembro.

Hancock, que completa 78 anos em Abril de 2018, chamou na época um time de primeira para “River: The Joni Letters” : o álbum incluiu participações luxuosas como a da própria Joni Mitchell, Leonard Cohen, Tina Turner, Corinne Bailey Rae, Norah Jones e a paulista Luciana Souza. Sim, uma brasileira no meio dessas feras todas! Pouco conhecida por aqui, Luciana Souza é dona de uma carreira vitoriosa no mercado internacional. Ela se mudou para os EUA aos 17 anos, sem saber falar inglês, para estudar composição na ‘Berklee College of Music’, em Boston. Depois ganhou notoriedade nos clubes de jazz de Nova York e passou a lançar seus trabalhos de maneira independente.

Hoje, mais de três décadas depois do início da aventura de Luciana, quatro de seus oito discos já foram indicados ao Grammy. E o maior prêmio da música veio para a cantora em 2008, inclusive, pela interpretação da faixa “Amelia”, justamente no disco “River: The Joni Letters”, do mestre Hancock, que também foi vencedor dos prêmios de ‘Disco do Ano’ e ‘Melhor Disco de Jazz Contemporâneo’.

Considerado uma vitória para o espírito criativo que o lendário músico de jazz levou ao longo de sua incrível e influente carreira de cinco décadas, o álbum lançado em 2007 é um verdadeiro marco, foi nada menos que a segunda gravação de jazz que conquistou as maiores honras da história do prêmio Grammy, sendo o primeiro : “Getz/Gilberto” de Stan Getz e João Gilberto em 1965, 43 anos antes.

 

 
Video e fotos – divulgação