Três anos depois do lançamento do álbum “Essentials II”, a cantora de jazz Karen Souza está de volta com o quarto álbum de estúdio, “Velvet Vault”. Um trabalho que combina diversos padrões de jazz para releituras de clássicos e mais duas músicas co-escritas por ela, como novidade.

No time de convidados, a artista apresenta um dueto com o japonês Toku, e conta com músicos de alto calibre como : o guitarrista de Amy Winehouse, Robin Banerjee, e o lendário Tom “Bones” Malone (Blues Brothers, Saturday Night Live Band). Os vocais foram gravados em Nova York nos estúdios Orchard e a produção é assinada por Richard Gottehrer (Blondie), Richard Hell e Dr. Feelgood.

Karen Souza é uma cantora de jazz Argentina, nascida em Buenos Aires, que ganhou os holofotes como uma das vozes dos lançamentos de diversas coletâneas no estilo Jazz/Bossa, uma febre nas lojas na década de 2000. Em 2011 a artista lançou o álbum “Essentials”, onde reuniu seu repertório com uma novidade – um cover de “Corcovado” (conhecida em inglês como “Quiet Nights of Quiet Stars”), canção da Bossa Nova escrita por Antônio Carlos Jobim, em 1960. O sucesso se confirmou mais tarde com o lançamento de mais dois álbuns – “Hotel Souza” e “Essentials II”.

Considerada uma nova voz no cenário contemporâneo do jazz, Karen apresenta no novo trabalho mais de sua assinatura, ou seja, uma cuidadosa seleção de sucessos de várias épocas, em requintadas versões jazzísticas, onde transporta o ouvinte para uma atmosfera íntima e sensual.

 

“Velvet Vault” foi todo disponibilizado pela cantora nos canais e plataformas oficiais. Entre os melhores momentos – “I’m Beginning to See the Light”, escrita por Duke Ellington, Don George, Johnny Hodges e Harry James em 1944, canção muito conhecida na voz de Ella Fitzgerald e um dos maiores sucessos do The Cure, “In Between Days”.

Video e foto – divulgação