Na última sexta-feira (07 de abril), Lenny Kravitz prestou uma homenagem ao falecido Prince na cerimônia de indução de 2017 para o Rock & Roll Hall of Fame. Kravitz foi acompanhado pelo coral “Love Fellowship Choir”. Na lista deste ano de indiciados ao Rock & Roll Hall of Fame estavam : Pearl Jam, Tupac Shakur, Joan Baez, Journey, Electric Light Orchestra, e Yes. Prince foi introduzido no Rock Hall em 2004.

LK003

Kravitz iniciou a apresentação com um clima gospel-funk para “When Doves Cry”. Já em “The Cross”, sucesso do disco “Sign o’ the Times” (1987), ele tomou a guitarra em mãos e teve o reforço do coral.

Entre as homenagens desse ano, um dos melhores momentos foi na abertura do evento, dedicada a Chuck Berry. O músico falecido em 18 de março, aos 90 anos, ganhou um tributo de Jeff Lyne e a Electric Light Orchestra que tocaram o clássico “Roll Over Beethoven”.

 

Considerado um dos músicos de rock mais proeminentes do nosso tempo, Lenny Kravitz transcendeu gênero, estilo, raça e classe em uma carreira musical de mais de 20 anos, se deleitando com as ricas influências que absorveu da música soul, do rock e do funk dos anos 60 e 70.

LK002

Os talentos de Kravitz como letrista, produtor e multi-instrumentista ressoaram através dos dez álbuns de estúdio em um catálogo atemporal. Tanto que ele ganhou quatro prêmios consecutivos Grammy, estabelecendo um recorde para o maior número de vitórias na categoria “Best Male Rock Vocal Performance”.

Atualmente em hiato criativo e se apresentando ao vivo, Lenny é o destaque de hoje na itapema com a faixa “She’s A Beast”, um dos melhores momentos do álbum “Strut”, lançado em 2014.

 

 
Fotos : Mathieu Bitton | Video : Lenny Kravitz – Divulgação.